Ambifaro

Performa Ensemble: Cidades Invisíveis

Performa Ensemble: Cidades Invisíveis
Performa Ensemble: Cidades Invisíveis

Cidades (in)visíveis

 

Performa Ensemble

 

Belquior Guerrero (guitarras)

Helena Marinho (piano e teclado)

Henrique Portovedo (saxofones)

Jorge Salgado Correia (flautas)

Luís Bittencourt (percussão)

 

Sinopse:

O projeto “Cidades (in)visíveis” pretende questionar a ecologia dos sons urbanos através de criações que retratem modos particulares de ouvir os sons das cidades. Convidaram-se compositores portugueses a refletir sobre três linhas de criação em torno da temática: a exploração de memórias sonoras desaparecidas face à passagem do tempo; a mistura de culturas e músicas derivada da imigração ou gentrificação; o conceito de paisagem sonora utópica ou distópica, como base para a criação de sons para novas cidades.

 

Programa

 

Andreia Pinto Correia                                                              Le jardin d’une femme

Jaime Reis                                                                               Inverso Sangue Xisto (B)

Ângela da Ponte                                                                       A cidade improvável

Sara Carvalho                                                                          imponderabilia

José Carlos Sousa                                                                     As cidades e o céu

Gerson Batista                                                                         EstRatiFicAçÕes

 

 

O Performa Ensemble foi formado em 2007 e integra músicos/docentes e estudantes de pós-graduação do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, assim como músicos convidados. O Ensemble foca a sua atividade na área da composição e da performance contemporânea, através da estreia, divulgação e gravação de obras de compositores que manifestem interesse num trabalho coletivo e colaborativo com os intérpretes. Pretende assim dar lugar a um intercâmbio de ideias e realizações que permitam uma reflexão teórica, apoiada na prática instrumental, na criação e na interdisciplinaridade. Assume-se, pois, como um dos poucos agrupamentos em Portugal com dedicação exclusiva à performance musical contemporânea, incluindo intersecções com áreas de multimédia (música eletrónica, vídeo, e teatro musical). O Ensemble tem mantido uma atividade de concertos regular em Portugal, com o apoio da Universidade de Aveiro e da Direção-Geral das Artes (Governo de Portugal), salientando-se apresentações na Casa da Música do Porto e no Festival Música Viva, assim como em salas e festivais de vários países, como Brasil, Itália, Grécia, Irlanda, Reino Unido e Espanha. Tem também promovido a realização de workshops destinados a estudantes de música, em várias instituições de ensino em Portugal e no estrangeiro. O Ensemble dedica-se também à formação de públicos, divulgando a música contemporânea portuguesa através da realização de palestras sobre criação e interpretação musical. O Performa Ensemble já encomendou e estreou mais de 30 obras de compositores portugueses ou residentes em Portugal. Gravou os CDs Crossover em 2008, Fado(s) em 2014, Entreculturalidades / Intertextualidades em 2018, e participou nos CDs Cultures électroniques 20 em 2008, Momentum em 2010, e 7 Pomegranate Seeds em 2012.

 

LOCAL: AUDITÓRIO DO SOLAR DA MÚSICA NOVA

HORA: 19H00

ENTRADA GRATUITA ATÉ À LOTAÇÃO DA SALA

Localização: